Como As Taxas De Câmbio São Definidas?

Faz parte da rotina do profissional de Comércio Exterior o contato com moedas estrangeiras. Devido à grande quantidade de informações a nosso dispor, em questão de minutos conseguimos ver o resultado que uma grande variação cambial pode no mercado internacional. Entretanto, embora saibamos dos efeitos produzidos e da flutuação quase constante dos valores, quais são os pontos que determinam essas taxas de câmbio?

Existem inúmeros fatores geopolíticos e econômicos que afetam as taxas de câmbio entre dois países, mas alguns dos mais populares incluem: mudanças na taxa de juros, taxas de desemprego, relatórios de inflação, números de produto interno bruto, dados de manufatura e commodities.

Um dos fatores alterantes mais comuns é a relação entre oferta e demanda. Por exemplo, se a demanda europeia por dólares americanos aumentar, causará um aumento no preço do US Dólar em relação ao Euro.

taxas de câmbio

Outro ponto bastante crucial na definição das taxas de câmbio é a relação entre indústria e moeda local. De um modo geral, quanto mais dependente um país estiver de uma indústria doméstica primária, mais forte será a correlação entre a moeda nacional e os preços das commodities do setor.

Não existe uma regra uniforme para determinar com quais mercadorias uma determinada moeda será correlacionada e quão forte essa correlação será. No entanto, algumas moedas fornecem bons exemplos de relacionamentos commodity-forex.

Considere que o dólar canadense está positivamente correlacionado ao preço do petróleo. Portanto, à medida que o preço do petróleo sobe, o dólar canadense tende a se valorizar em relação a outras moedas importantes. Isso se deve ao fato do Canadá ser um grande exportador de petróleo líquido; quando os preços do petróleo estão altos, o Canadá tende a aumentar a sua receita de exportações de petróleo, dando ao dólar canadense um impulso no mercado de câmbio.

Outro bom exemplo vem do dólar australiano, que é positivamente correlacionado com o ouro. Como a Austrália é um dos maiores produtores de ouro do mundo, seu dólar tende a se mover em conjunto com as mudanças nos preços do ouro. Assim, quando os preços do ouro aumentarem significativamente, o dólar australiano também deverá se valorizar em relação a outras moedas.

Alguns países podem decidir usar uma taxa de câmbio fixa, definida e mantida artificialmente pelo governo. Essa taxa não irá flutuar diariamente e pode ser redefinida em datas específicas conhecidas como datas de reavaliação. Os governos de alguns países emergentes fazem isso para criar maior estabilidade no valor de suas moedas. Para manter uma taxa de câmbio fixa estável, o governo local deve manter uma grande reserva de moeda externa, à qual a moeda local está atrelada, para controlar as mudanças na oferta e na demanda.

Fonte: Investopedia

Conheça A Narwal Sistemas

Share the Post:

Leia também