O que é gestão de comércio exterior: mercado e atuação profissional

A gestão de comércio exterior é uma área do conhecimento que atua na administração e organização da troca de produtos entre países.

O comércio exterior, por sua vez, é a atividade econômica que se caracteriza pela negociação entre dois países.

Neste artigo, você encontra mais sobre o mercado de gestão de comércio exterior, bem como algumas definições sobre o tema.

Boa leitura!

O que é comércio exterior?

Comércio exterior é uma atividade econômica que tem como objetivo a troca de bens e produtos entre dois ou mais países.

Ao comprar de outro país, a atividade executada é a importação. Ao vender, a exportação é realizada.

Todos os processos, métodos, planejamento e ações executadas para que essa troca ocorra, fazem parte da gestão de comércio exterior.

Para que o comércio exterior, ou como também é chamado Comex, funcione bem, uma série de políticas nacionais são desenvolvidas para este fim.

As regulamentações são responsáveis disciplinar e orientar a entrada e saída de produtos do país.

Qual é a importância do comércio exterior?

O comércio exterior é importante por diversas razões. A primeira delas é o incentivo à economia brasileira.

Realizar comércio exterior é fazer com que a economia se movimente e as alianças com outros países sejam fortificadas. 

Os produtos de origem agrícola, por exemplo, são produzidos em abundância no Brasil.

A comercialização internacional de grãos como soja, milho e trigo são de grande importância para a economia nacional.

Em um âmbito mais empresarial, investir em Comex é importante para diversificar os produtos oferecidos, aumentar o acesso a novas tecnologias e otimizar a qualidade das mercadorias.

O que faz um profissional de Comércio Exterior?

Um profissional de Comércio Exterior deve dominar todos os fundamentos que envolvem a comercialização de produtos entre dois países.

Por isso, ele precisa ser formado em um curso superior de graduação em Administração ou Economia, junto a uma pós-graduação mais específica.

Outra opção de formação para esse profissional é um curso tecnológico ou técnico em Comércio Exterior.

Em seu cotidiano, as atividades que um especialista em Comércio Exterior deve realizar envolve o gerenciamento das principais operações da atividade econômica, como:

  • Importação;
  • Exportação;
  • Transações cambiais;
  • Despacho aduaneiro;
  • Legislação aduaneira;
  • Transações cambiais;
  • Pesquisas de mercado;
  • Planos de ação;
  • Contratos;
  • Negociação e execução de operações legais;
  • Controle do fluxo de embarque e desembarque de matéria-prima;
  • Logística internacional.

O profissional da área pode trabalhar em diversos tipos de negócio, como indústrias, instituições financeiras, empresas de logística e comércio.

Mercado de trabalho em Comércio Exterior

O mercado de trabalho para profissionais formados em Comércio Exterior geralmente ficam concentrados em empresas multinacionais.

Em áreas de atuação, podemos citar as principais:

Analista de Comércio Exterior

Um Analista de Comércio Exterior atua no planejamento e monitoramento de atividades. Além disso, ele também é responsável por acompanhar as atualizações do mercado de importação e exportação.

Outra atribuição dele é avaliar planos, desenvolvendo assim estratégias para uma maior eficiência do Comex.

Consultor

O Consultor de Comércio Exterior atua de forma autônoma ou exclusiva para uma empresa.

O seu papel é de prestar assessoria para as companhias de modo a conduzi-las às melhores práticas do mercado internacional.

Despachante Aduaneiro

O Despachante Aduaneiro é o profissional que seleciona, formaliza e apresenta à alfândega toda a documentação necessária para autorização tributária do despacho aduaneiro.

O despacho aduaneiro é a última etapa para liberação completa da entrada de um produto em determinado país. Se você se interessa por regimes aduaneiros, conheça o Drawback.

Neste sentido, essa profissão exige muito conhecimento da regulamentação aduaneira, visto que é um trabalho bem burocrático.

Agente de cargas internacionais

O agente de cargas internacionais trabalha na logística do comércio exterior.

Ele deve pensar no armazenamento adequado do produto, além das melhores decisões de transporte.

Ainda, o agente é encarregado de separar os documentos do embarque.

Quais são os benefícios de uma gestão de comércio exterior na sua empresa?

A gestão de comércio exterior é totalmente benéfica para a sua empresa. Inclusive, não há como levar uma organização de Comex sem um profissional da área.

Você pode contratar um gestor diretamente ou terceirizar o serviço.

A principal vantagem é na otimização dos processos burocráticos que envolvem o comércio internacional.

Abaixo, separamos algumas das vantagens de se ter profissionais especializados na sua empresa. Confira:

Agiliza as operações de importação e exportação

As operações de importação e exportação realmente passam por processos bastante burocráticos, que envolvem análises minuciosas e adequadas à uma série de legislações.

Ter profissionais que saibam como facilitar esses processos, faz com que a atividade de importar e exportar seja muito mais ágil.

Um gestor de comércio exterior é capaz de otimizar o Comex de sua empresa.

Gera maior economia com os custos das operações de importação e exportação

Os gestores têm conhecimento em toda documentação necessária para a realização do comércio exterior. Por esse motivo, eles conseguem encaminhar todo o processo de forma correta e sem erros.

Assim, é possível economizar tempo e dinheiro com situações possíveis. 

Por exemplo, ao errar a classificação do produto, a cobrança dos impostos em cima deles pode ser errada. Caso isso seja identificado pela fiscalização, a empresa responsável é punida.

Com uma equipe de profissionais que entendem dos regimentos existentes, situações do tipo são evitadas.

Estará com uma equipe de especialistas em gestão de comércio exterior

Contar com uma equipe de pessoas especializadas em gestão de comércio exterior é um diferencial entre diversas empresas do mercado.

Profissionais que entendem profundamente de suas funções têm muito a acrescentar à sua organização. O resultado costuma ser positivo: a empresa tende a crescer.

Contudo, nem sempre é viável contratar uma boa quantidade de profissionais qualificados. 

Por isso, existem sistemas digitais que buscam facilitar as suas atividades de importação e exportação.

Elas fazem isso por meio da organização de dados, de forma clara e objetiva, além da centralização de uma série de arquivos que podem causar confusão até mesmo em funcionários experientes.

Conheça o melhor sistema de Comex do mercado!

Conclusão

Agora você entende mais sobre como funciona a gestão de comércio exterior? Escreva nos comentários!

Caso tenha gostado do conteúdo aqui encontrado, te recomendamos o nosso blog, que conta com as melhores informações sobre comércio exterior. 

Share the Post:

Leia também